quinta-feira, 24 de março de 2011

é como quando o silêncio chega,
passos largos e pesados
e se larga no sofá entre a gente
afundando a almofada
você pergunta o que que foi
e eu sempre digo
- nada.

2 comentários:

  1. Muito bom Flá!

    Eu achei que só acontecesse comigo...

    Bejo!

    ResponderExcluir
  2. delícia de bombom
    recheadinho de nada
    fiquei até com fome

    ResponderExcluir